Aprenda com o Blog

Passo-a-passo para conquistar o 1º lugar no YouTube

Como conseguir primeiro lugar Youtube

Assim como nos mecanismos de busca – nos quais conquistar o primeiro lugar traz muitas vantagens, frente à concorrência, e faz com que sua marca seja mais vista -, contar com um bom posicionamento para os seus vídeos, no YouTube, também lhe rende resultados otimizados. Nesta mídia social, conteúdos que aparecem no topo das buscas têm muito mais chances de serem clicados, criando mais oportunidades para que os usuários entrem em contato com a sua empresa.

Por meio de materiais bem produzidos no YouTube, é possível conquistar leads e levar usuários para o seu blog ou site, bem como conseguir mais inscritos na sua lista de e-mails, para poder trabalhar melhor o funil de vendas.

Independente de qual for a sua estratégia com o YouTube, conquistar o topo do ranking é uma meta árdua, mas não impossível. E, para alcançá-la, é necessário dar atenção especial a alguns detalhes que podem fazer toda a diferença, na hora de subir no hall de posições.

É claro que, mesmo esses passos lhe dando certa vantagem frente à grande concorrência que existe no YouTube – uma quantidade imensa de novos vídeos é publicada todos os dias –, ter bastante cuidado com o planejamento é fundamental para o sucesso do seu posicionamento nas buscas.

A seguir, vamos mostrar os cinco passos fundamentais, para que você aumente suas chances de conquistar o tão sonhado primeiro lugar no YouTube e traçar uma estratégia vencedora. Vamos lá!

PASSO 1: pesquisa de palavras-chave

 

Assim como na otimização para mecanismos de busca (SEO – Search Engine Optimization), no YouTube, você precisa trabalhar em cima de uma palavra-chave. Na aba de buscas, quando um usuário digita determinado termo, o ranqueamento de vídeos que aparece segue diversos critérios do algoritmo, para que sejam exibidos os resultados. E um deles é a correspondência de palavras-chave.

Então, o primeiro passo para conquistar o topo das buscas é fazer uma lista de termos que tenham relação com o conteúdo que você irá criar. Comece a pensar em todas as palavras relacionadas que as pessoas possam usar, na hora de procurar conteúdos como os que a sua marca pretende produzir.

Para que você possa ter mais ideias, é interessante buscar ferramentas que ajudem com sugestões de palavras relacionadas e abram seu leque de possibilidades. Para SEO, usamos alguns programas como SEMRush ou Google Keyword Planner, por exemplo. Entretanto, eles não funcionam para o YouTube. Para encontrar palavras-chave para vídeos, ferramentas como Keywordtool.io e VidIQ são ótimas opções.

Depois que você já tiver uma lista com várias ideias, será preciso eliminar algumas alternativas, a fim de encontrar a palavra-chave ideal e que será o foco principal da sua otimização.

Os critérios são os mesmos do SEO. Selecione os termos que tenham um alto volume de buscas, com menos concorrência e que se encaixem como um termo de alto potencial – ou seja, que o seu público usaria, no momento de buscar um determinado vídeo.

PASSO 2: crie um roteiro para o seu vídeo

 

Depois de filtrar toda a sua lista, você já deve ter a palavra-chave escolhida, para trabalhar a otimização do seu vídeo. Agora, o próximo passo é criar um roteiro, a fim de não perder o foco – algo fundamental, na hora de produzir conteúdos para o YouTube.

Não basta você estar no topo das buscas, se, quando os usuários clicam no seu vídeo, ele é entediante. Seu público precisa gostar do que está vendo! E o conteúdo precisa prender a atenção dos usuários, pois só assim você terá chances de as pessoas terem interesse em procurar outros conteúdos seus e conhecerem a sua empresa/marca.

Com um roteiro, você consegue se programar com antecedência e planejar a melhor forma de expor suas ideias. Monte um que contenha também as edições que você tem em mente e tudo que possa impactar e engajar o internauta.

É claro que, em algum ponto, você poderá improvisar – e isto faz parte! Porém, com um direcionamento em mãos, você não correrá o risco de desviar do assunto principal, cumprindo, com objetividade, a meta do seu vídeo.

PASSO 3: hora de produzir o vídeo

 

Na hora de produzir um vídeo para a web, é crucial dar bastante atenção à qualidade. Isto contará muito na hora dos usuários se manterem interessados. E acredite: o impacto no resultado vem desde a câmera que você usa, até as técnicas de edição utilizadas.

Sabemos que muitos youtubers conhecidos acabaram ficando famosos sem precisar utilizar equipamentos caros. Todavia, a preocupação com a estética é muito importante, na hora de atrair visualizações e prender a atenção das pessoas – e você não precisa ser um mega profissional da área para atentar a alguns detalhes.

Qualidade de som, imagem e iluminação é um dos principais itens a se observar – além do conteúdo, é claro! Por isso, se você tem a possibilidade de investir em uma câmera mais profissional, que tenha uma boa captação de som, as suas criações já terão uma boa vantagem.

Procure gravar seus vídeos em um local bem iluminado. De preferência, perto de uma janela, caso você não queira investir em luz artificial.

Já na edição, faça os cortes em pontos estratégicos, a fim de excluir aquele momento que você está mudando de um tópico para outro, ou deu uma gaguejada. Isto pode fazer muita diferença. Justamente por isso, é uma técnica que muitos youtubers usam.

PASSO 4: Otimize seu vídeo no YouTube

 

Agora que o seu vídeo está criado, você precisa fazer o upload do arquivo no YouTube. Este, então, será o momento de otimizá-lo, por meio do título e da descrição. Lembra-se da sua palavra-chave foco? Você deverá usá-la aqui. É por meio deste termo que os usuários terão a possibilidade de encontrar o seu material, em meio a tantos outros.

Uma premissa que você não deve esquecer é verbalizar a palavra-chave, durante o seu vídeo. Principalmente, na introdução. Como o YouTube transcreve os vídeos automaticamente, pode existir a possibilidade de o seu conteúdo ser indexado a partir disso também – assim como acontece com o Google, quando ele “lê” o conteúdo de um site. Isto ainda não foi totalmente confirmado pelo YouTube, mas não custa nada garantir também este quesito, certo?

Em seguida, otimize o título do seu vídeo com a palavra-chave que  você selecionou, assim como você faria nos títulos do seu site. Contudo, é muito importante focar no termo exato, e não em variações e sinônimos.

O próximo passo é escrever a descrição – na qual a sua palavra-chave precisa estar igualmente presente. Nela, você irá resumir o assunto do seu vídeo. E trata-se de uma excelente oportunidade para trabalhar o seu termo-foco, já que você tem bastante espaço.

Seja criativo e não economize caracteres! Utilize a sua palavra-chave exata no texto, bem como variações e alguns termos mais abrangentes e que definem o tópico do seu vídeo.

PASSO 5: promova o seu novo conteúdo

 

O último passo – mas não o menos importante – é divulgar o seu vídeo. Assim como uma postagem do seu blog ou uma oferta que você criou, o seu conteúdo no YouTube precisa de um empurrão, para que as pessoas o descubram e assistam.

Você já deve ter visto que, enquanto você assiste a um determinado vídeo, vários outros conteúdos relacionados são exibidos, em uma barra à direita da tela, para serem automaticamente reproduzidos. O YouTube escolhe estes vídeos sugeridos a partir da quantidade de likes, visualizações, taxa de retenção e comentários, a fim de determinar a qualidade do material e exibi-lo na aba.

Portanto, para o seu vídeo aparecer como sugerido, você precisa já ter uma boa interação dos usuários. Por isso, invista em divulgação nas suas mídias sociais, como Facebook, Instagram e até mesmo junto aos inscritos da sua lista de e-mails. Todos os canais são válidos para atrair quem já segue seus conteúdos e tem mais chances de compartilhar, curtir e comentar seus vídeos.

Agora não tem mais desculpas para você não tentar deixar o seu vídeo no topo das buscas do YouTube! Planeje bem cada um dos passos acima e, sem dúvidas, seu conteúdo poderá gerar muitos leads e se tornar uma ação bastante agregadora, nas suas estratégias online.

A Converta na Web também conta com um excelente curso que ensina como criar os melhores vídeos para a internet. Inscreva-se e bons resultados!

 

Leia também:
Em quais métricas de vídeo devemos prestar atenção
Facebook: como maximizar o engajamento dos seus vídeos

 

curso video

Sobre o Autor

Fernando Freitas é diretor-fundador da Converta na Web. Seus resultados diferenciados em Marketing Digital já lhe renderam a capa da revista “Pequenas Empresas & Grandes Negócios”. Profissional credenciado pela norte-americana HubSpot, criadora da Inbound Marketing Methodology e principal referência do mundo em conversão na web. Estrategista, consultor e professor de pós-graduação no segmento digital, com foco em conversão e negócios de alta performance.